PARA QUEM GOSTA DE SOSSEGO: 7 PRAIAS QUASE DESERTAS NO LITORAL DE SÃO PAULO

Fonte: Guia da Semana

ubatuba pixabay

Para quem gosta de curtir uma praia, nada melhor do que variar o destino e conhecer lugares novos! O Litoral de São Paulo possui opções para todos os estilos de viajantes: desde aqueles que gostam de uma badalação até àqueles que só precisam de paz e sossego! Com mais de 600 km de praias, é possível encontrar paraísos quase intocados sem sair de São Paulo - e alguns deles estão próximos a capital! 

Seja para tirar férias para explorar o litoral ou até mesmo fazer um bate e volta, o Guia da Semana selecionou algumas praias quase desertas em São Paulo para quem quer curtir o sossego! Confira na galeria abaixo: 

*Essas praias não costumam ter infraestrutura, por isso é indicado levar água e lembrar sempre de levar seu lixo embora. Assim, ajudamos a manter as praias de SP limpas. 

6 TRILHAS PARA FAZER DE CARRO E QUE LEVAM A LUGARES PARADISÍACOS PRÓXIMOS A SP

Fonte: Guia da Semana 

Aos amantes de aventura, todo convite é uma opção para descobrir lugares novos e paradisíacos. Quem gosta de viajar de carro, sabe que não tem nada melhor do que juntar a emoção das trilhas com o visual de uma belíssima paisagem – certo?

Pensando nisso, o Guia da Semana fez uma lista com 6 trilhas para fazer de carro (tem que ser 4x4) e que levam a lugares paradisíacos! São opções que passam por cachoeiras, levam a praias paradisíacas e até mesmo a montanhas bem altas! Confira: 
 
Castelhanos, Ilhabela (São Paulo)

Castelhanos Ilha Bela

Considerada uma das praias mais belas do Brasil, a Praia de Castelhanos é também a favorita para quem gosta de fazer uma trilha com aventura. Isso porque, o acesso principal é por uma estrada de 22km que corta a Ilha e que passa em meio a Mata Atlântica do Parque Estadual de Ilhabela. Por esse motivo, só é permitida a entrada de veículos 4×4, motos ou bicicletas. Com muita aventura, seguido por decidas e subidas de terra, o caminho pode ficar ainda mais emocionante ao atravessar um pequeno riacho. 

A recompensa é uma praia com cerca de 1,5 km de extensão e águas cristalinas de cor azuladas. Praticamente deserto, o local possui uma pequena vila caiçara e quase nenhuma infraestrutura – ideal para quem gosta de lugares calmos e relaxantes. Para ter uma visão mais privilegiada, é possível ir até um mirante e observar a praia do alto. 

Como chegar: a trilha de 22 km começa na Praia do Perequê. Logo nos primeiro quilômetros, há uma guarita que faz o controle dos acessos ao Parque Estadual de Ilhabela, onde a praia se localiza. Durante o trajeto, é possível ver alguns mirantes com lindas vistas, quedas d’água, plantas, grandes árvores e alguns animais.

Pedra da Macela, Cunha (São Paulo)

Pedra da Macela Cunha

Devido às altas altitudes, Cunha possui vistas privilegiadas! Uma das mais incríveis é a Pedra da Macela. A impressionante vista do alto da pedra, na divisa dos estados de São Paulo e Rio de Janeiro, alcança a Ilha Grande e as baías de Paraty e Angra dos Reis!

Para tirar fotos incríveis e curtir a paisagem, a dica é escolher o passeio quando o tempo estiver aberto, com sol e poucas nuvens. Assim, você terá garantia que vai observar o melhor da vista: o mar ao fundo encontrando com o céu.

Como chegar: para chegar à Pedra da Macela, utiliza-se a estrada Paraty-Cunha – para isso, é indicado um carro 4x4 já que grande parte do percurso é feito em uma estrada de terra. Ao todo são 4 km de subida de dificuldade fácil com alguns pontos onde o terreno é mais acidentado. Um estacionamento no local convida os visitantes a estacionarem seus carros e seguirem o restante da trilha, cerca de 2 km a pé. 

Serrinha do Alambari, Penedo (Rio de Janeiro)

Serrinha do Alambi Penedo

 

Cansado de viajar sempre para os mesmos lugares? Que tal começar a explorar lugares diferentes e desconhecidos? Se você gosta de destinos de serra e quer passar o fim de semana ou feriado em uma cidade gostosa e tranquila, Serrinha do Alambari é a pedida certa. 

Localizada no município de Resende, na Serra Fluminense, fica a 270 km de São Paulo e 170 km do Rio de Janeiro. Ou seja, paulistas e cariocas podem desfrutar de aventuras e bons momentos por lá, sem passar horas dentro do carro. 

Uma das atrações imperdíveis na Serrinha (e uma das mais bonitas do Brasil!) é a visita ao Poço do Céu. Uma incrível e exótica queda d'água de cor esverdeada permite um delicioso banho de águas naturais – ou apenas um momento único.

Como chegar: por estar dentro de uma propriedade particular, é necessário pagar R$ 30 para entrar e a trilha de acesso é feita com um guia turístico (já incluso no valor). Por lá, não é permitido fazer barulho e levar comidas e latinhas que possam poluir o ambiente. Tudo isso torna o local ainda mais selvagem e preservado!

Serra do Lopo, Extrema (Minas Gerais)

Serra do Lopo

Chegando em Extrema, a primeira cidade mineira que faz divisa entre o estado de São Paulo e Minas Gerais, já é possível ver o cume do Pico do Lopo com seus 1.780 metros de altura acima do nível do mar. Por lá, é possível ter uma visão panorâmica do local e suas montanhas em volta, além de ser um ótimo lugar para praticar Trekking. 

A trilha fácil é uma ótima opção para quem está começando a se aventurar de carro. Bem demarcada e com cerca de 9 km de extensão, o destino final é uma rampa de onde saem passeios de asa delta e paraglider. O restante do passeio é feito a pé, através de um trekking leve indicado para todas as idades: por lá é possível chegar até o cume da Pedra Principal.

Como chegar: ao chegar na cidade, seguir as placas que indicam "Rampa". Após passar um Portal, seguir as placas indicando Pico do Lopo, principal atração do local. Com cerca de 9 km de extensão, a trilha de dificuldade fácil pode ser feita de carro, a pé ou até mesmo de bicicleta.  

Janela do Céu, Ibitipoca (Minas Gerais)

Janela do céu ibitipoca

Para quem gosta de lugares incríveis, a dica é conhecer a Janela do Céu, em Ibitipoca. O roteiro passa por mais de oito pontos turísticos que valem a visita, como grutas, mirantes e cachoeiras bem refrescantes. O destino é um incrível local ao alto da montanha com a visão perfeita da natureza e do céu, transformando o local em uma verdadeira 'janela'. 

A trilha tem cerca de 16 km (ida e volta) e fica dentro do Parque Estadual do Ibitiboca, onde é cobrado uma taxa de visitação que varia de R$ 10 durante a semana e R$ 20 aos finais de semana. 

Como Chegar: a Trilha se inicia logo na entrada do Parque Estadual do Ibitiboca, onde é possível encontrar diversas placas indicando o caminho. São muitas opções de rotas, mas para conhecer a Janela do Céu é necessário percorrer a "Volta no Parque", com cerca de 16 km (ida e volta).

Estrada Real, Carrancas (Minas Gerais)

estrada real carrancas

Estrada Real liga os estados de Minas Gerais e Rio de Janeiro. Ela recebeu esse nome porque, no século 17, transportava ouro e diamante entre as províncias. O percurso todo tem mais de 1.600 mil km, mas a dica é optar por trajetos e cidades que mais agradam, fazendo com que o caminho seja mais curto.

Um ótimo destino é conhecer a cidade de Carrancas, em Minas Gerais, que conta com diversos pontos turísticos, entre eles Cachoeiras e Montanhas, que fazem qualquer apaixonado por natureza se encantar. Nesse percurso em especial é necessário um carro 4x4 já que grande parte do caminho passa por estradas com terra, com terreno bastante íngreme. A região possui mais de 50 poços e cachoeiras, sendo um prato cheio para quem quer se refrescar. Dentre os pontos mais conhecidos estão a Cachoeira da Fumaça e Cachoeira da Serrinha. São espetaculares! 

Como chegar: a Estrada Real possui diversas placas e indicações das atrações, sendo necessário apenas prestar bastante atenção na direção que está seguindo. Para visitar as cachoeiras, seguir as placas que indicam o Complexo da Fumaça

Antes de pegar a estrada #VempraFernandes fazer um check-up nos pneus!

MV AGUSTA APRESENTA NOVA DRAGSTER 800 RR PIRELLI

Fonte: Best Riders

Em parceria com o centro de design da Pirelli a MV Agusta criou uma edição limitada da Dragster 800 RR. Batizada de “Dragster 800 RR Pirelli”, a radical naked de três cilindros ganhou um acabamento todo diferenciado e duas opções de cores – preta e amarela e branca e azul.

41415341 1699289973515892 4878165025804567188 n41220213 342226556345723 6616110372565842750 n

Alguns detalhes, como o protetor de tanque e a carenagem, são de uma borracha formulada especialmente pelo Departamento de Pesquisa e Desenvolvimento da Pirelli para garantir uma resistência superior a arranhões e atritos.

41220226 2356357671045734 5967078283381118942 n                    41329987 543737039416149 5582852242362082700 n

A naked tricilíndrica também vem calçada com pneus Pirelli Diablo Supercorsa SP nas medidas 120/70 ZR17 no dianteiro e 200/55 ZR17 no traseiro, que tem roda aro 17 x 6’’, com detalhes na cor da moto. A edição limitada será vendida em breve na Europa. O preço não foi divulgado.

#VempraFernandes garantir o pneu pra sua moto!

VENCEDORES DA PROMOÇÃO PALPITE CAMPEÃO

Durante a Copa do Mundo a pirelli lançou a Promoção Palpite Campeão. O resultado saiu semana passada, e dos 17 vencedores, 2 sortudos adquiriram seus pneus na Casa Fernandes.

Na loja de Santo Amaro, Sr. Angelo Ignaszewski está com o consultor Gil, com quem adquiriu seus pneus. Na loja do Guarujá, está o Sr. Júlio Augusto Pedro, à esquerda o Gerente da Loja, André e à direita o vendedor Edson. 

Ambos apostaram na França e Croácia como protagonistas da Copa do Mundo. Parabéns aos vencedores! 

Santo Amaro 2

#VempraCasaFernandes que não acabaram as promoções, aproveite! 

ROTEIRO DE FINAL DE SEMANA PELA CIDADE DE SÃO PAULO

Fonte: Dicas & Turismo 

A cidade de São Paulo é uma das cidades mais visitadas no Brasil. Seja por viajantes que chegam para realizar reuniões de negócios, por viajantes que são motivados por grandes eventos como a última Copa do Mundo que aconteceu, ou ainda que, simplesmente querem conhecer uma das cidades mais importantes para a economia no nosso país.

Seja qual for a sua motivação, lembrando ainda que temos um grande fluxo de brasileiros que também chegam para conhecer a cidade de São Paulo, tenho certeza que pelo menos um final de semana você deverá reservar para conhecê-la. E para dar uma mãozinha, deixarei aqui, para você, uma sugestão de roteiro de um final de semana pela grande cidade de São Paulo.

A ideia desse roteiro é trazer alguns pontos importantes do nosso centro histórico e também de ícones da nossa cidade.

Em uma manhã de sábado, a primeira sugestão é tomar um café da manhã tradicional com aquele pão com manteiga na chapa e um perfumado expresso ou café com leite, para acompanhar. A sugestão é fazer essa refeição na Padaria Bella Paulista localizada na Rua Haddock Lobo. Para chegar aqui, basta descer na estação de metro Consolação.

Em seguida, retorne à Av. Paulista, uma das mais importantes avenidas de São Paulo, onde você poderá caminhar e apreciar um pouco dos prédios empresariais e comércio que ali estão. Caminhe por ela até chegar ao MASP – Museu de Artes de São Paulo. Ao longo de seu percurso estarão a Livraria Cultura, o Edifício Funcef e também o Parque Trianon.

Uma boa pedida é visitar o MASP por dentro e apreciar exposições que ali estão, provisórias e permanentes, além de observar o próprio edifício onde ele se encontra, projetado pela arquiteta Lina Bo Bardi, com seu curioso vão abaixo, de seus mais de 70 metros.

MERCADO MUNICIPAL

Se nesse momento bateu aquela fome, pegue o metrô na estação Trianon-Masp, próximo ao museu e dirija-se para o Mercado Municipal. Você irá descer na estação São Bento. De lá, dirija-se até o Mercado Municipal e se pelo caminho quiser conhecer onde os paulistanos gostam de ir também para fazer umas comprinhas, sem gastar muito, chegue até ele passando pela famosa Rua 25 de Março.

Ao chegar no Mercadão, como gostamos de chama-lo, dirija-se ao piso superior. Lá encontrará alguns restaurantes e lanchonetes que vendem alguns ícones da gastronomia paulista como o famoso sanduiche de mortadela, de pernil ou ainda o tão requisitado pastel de bacalhau.

ESTAÇÃO LUZ

Após apreciar essas iguarias, caminhe até a estação de trem Luz. A própria construção da estação impressiona por conservar ainda traços do poder paulista no auge da chamada República do café com leite.

Se quiser apreciar um pouco mais de nossas atrações culturais, próximos a estação estão o Museu da Língua Portuguesa, interativo e super atrativo para um passeio com as crianças ou ainda a Pinacoteca do Estado, o mais antigo museu de arte da cidade, onde estão importantes obras de Almeida Júnior, Benedito Calixto, Tarsila do Amaral, Anita Malfatti, Di Cavalcanti e muitos outros.

Para uma saída à noite, recomendamos um dos muitos bares da Vila Madalena. Para chegar até esse bairro, que ganhou destaque especial no período da Copa do Mundo 2014, existe uma estação de mesmo nome, ou, se preferir, acredito que o taxi será nesse período do dia, uma das melhores opções. Mesmo porque o metrô não funciona 24h e para voltar para seu hotel, irá definitivamente precisar de um.

PRAÇA REPUBLICA

No domingo, pela manhã, você pode começar o dia visitando a feira popular da Praça da República. Basta descer na estação de mesmo nome e a praça estará bem a sua frente. Essa feira acontece apenas aos domingos, e nela você irá encontrar peças de artesanatos, decoração, esculturas, bijuterias e algumas barraquinhas de alimentação com lanches e doces. Geralmente são os próprios artesãos e artistas que estão ali vendendo suas obras.

AV IPIRANDA

Em seguida, suba um pouco a Av. Ipiranga para apreciar alguns edifícios importantes que estão ali. Um deles é o Edifício Copan com um desenho diferente, curvo, projetado pelo famoso arquiteto brasileiro Oscar Niemeyer. Próximo a ele está também o Edifício Itália, na esquina da Av. Ipiranga com a Av. São Luís. Com mais de 150m de altura, esse edifício é considerado patrimônio histórico da cidade e no seu topo, servindo ainda de um espetacular mirante da cidade, está o restaurante Terraço Itália.

TEATRO MUNICIPAL

Para continuar o percurso do centro histórico, retorne à Praça da República, e pela Rua Vinte e Quatro de Maio, chegue ao nosso querido Teatro Municipal de São Paulo. Sua construção foi inspirada na Ópera de Paris e foi palco da Semana de Arte Moderna que aconteceu no ano de 1922. Ele é também a sede da Orquestra Sinfônica da cidade e do corpo de Ballet. Existem visitas guiadas internas que acontecem durante a semana, sábados e feriados. Para ter acesso aos horários, basta acessar o site oficial.

Se estiver de frente para o teatro e olhar à sua direita, poderá ver outro ponto histórico importante da cidade de São Paulo: o Viaduto do Chá. Em uma de suas pontas está o Shopping Light e na outra, o prédio da Prefeitura de São Paulo, e abaixo dele está o Vale do Anhangabaú. Este foi o primeiro viaduto construído em São Paulo.

LIBERDADE

Se nesse momento a fome bateu novamente, a dica é pegar o metrô Anhangabaú, que estará próximo a esses pontos e seguir para o bairro da Liberdade. Aqui você conhecerá a maior comunidade japonesa da nossa cidade.

Além de encontrar muitas lojas que vendem produtos típicos desse país e as próprias pessoas que são filhos de imigrantes japoneses, você terá a oportunidade de realizar sua refeição em um dos muitos restaurantes japoneses que existem por lá.

PRAÇA DA SÉ

Você poderá apreciar um pouco mais da história de São Paulo, se seguir então até a Praça da Sé, o marco zero da nossa cidade e onde está localizado a Catedral da Sé, a mais importante das igrejas da cidade. É possível entrar e conhecê-la por dentro.

Após a visita, siga pela Praça da Sé em direção à Rua Boa Vista, até a Praça Manuel da Nobrega. Lá você encontrará o Pátio do Colégio, outro importante ponto da cidade. Foi aqui onde São Paulo nasceu, a partir de uma cabana em que jesuítas se reuniam, dentre eles José de Anchieta e Manuel da Nobrega. Aqui está também o Museu do Pátio do Colégio com um lindo jardim interno para fazer uma pausa em seu roteiro.

PATEO COLEGIO

Continue seguindo a Rua Boa Vista e ao passar pelas ruas João Brícola e São Bento, aproveite para dar uma espiada (à esquerda) na construção de dois importantes prédios da cidade. Na Rua São Bento você poderá ver o famoso Edifício Martinelli, considerado o primeiro arranha céu da América Latina, na rua que fica atrás, paralela a essa (João Brícola), estará o Edifício Altino Arantes, conhecido também como o Prédio do Banespa e considerado um dos cartões postais da cidade. Próximo ainda estará a BOVESPA, bolsa de valores do estado de São Paulo.

Passando a Rua São Bento, você poderá avistar, por fim, o Mosteiro São Bento, onde estão em constante oração os monges da ordem beneditina. Aqui encontra-se também a primeira faculdade do Brasil, inicialmente de filosofia e hoje chamada de Pontifícia Universidade Católica de São Paulo.

Com esse roteiro você consegue conhecer pontos importantes da cidade de São Paulo em um único final de semana. Se quiser inverter um dia pelo outro, sem problemas. O importante a saber é que a feira da República acontece apenas aos domingos e a visita guiada ao Teatro Municipal, no final de semana, não acontece aos domingos. A Rua 25 de Março será mais movimentada aos sábados e as ruas do centro histórico, como a Boa Vista, serão mais desertas aos domingos.
Espero que essas dicas sejam de grande valia para você conhecer a cidade de São Paulo quando estiver passando por aqui.

#VempraFernandes fazer a revisão dos pneus do seu carro e saia ainda mais tranquilo!