METZELER É ELEITA "MELHOR MARCA DE PNEUS 2019"

1.jpg

A emprese conquistou o cobiçado prêmio "Melhor Marca" (de novo!) na categoria pneus, conforme pesquisa anual promovida pela prestigiada revista alemã Motorrad. O prêmio foi entregue durante cerimômia oficial, realizada em Stuttgart em 11 de março.

Os resultados impressionam: 67,8% dos 47 mil usuários votaram em METZELER. Esta não é primeira vez que o prêmio foi conquistado - após os sucessos das edições de 2006, 2008, 2009, 2015, 2016, 2017 e 2018, a marca se consilida como campeã pela 9ª vez (e pelo 5º ano consecutivo) nos últimos 14 anos.

As conquistas demonstram a popularidade que METZELER desfruta entre os motociclistas internacionais e representa uma confirmação de alta qualidade e credibilidade dos produtos da categoria.

 #VempraFernandes conhecer os pneus METZELER!

 

 

 

 

METZELER GANHA A "ISLE OF MAN TT 2019"

metzeler tt

Em sua Kawasaki Ninja ZX-10RR utilizando pneus METZELER RACETEC™ RR , o piloto Dean Harrisson cruzou a linha de chegada na primeira posição em 7 de junho no Dunlop Senior TT, a mais prestigiada corrida da Isle of Man TT, com uma impressionante vantagem de 53 segundos em relação ao segundo lugar, Peter Hickman. 

Após sete anos de colaboração bem-sucedida entre Harrisson e METZELER - com vitórias em todas as outras classes da Isle of Man TT - chegou a vez de subir no pódio da categoria principal. Dean Harrisson é um dos pilotos mais jovens a vencer a corrida, aos 30 anos.

A vitória é o fechamento com chave de ouro de uma semana em que a marca METZELER voou alto, com a conquista de 8 pódios graças a performance de Dean Harrisson, James Hillier, Michael Dunlop e Jamie Coward.

Os excelentes resultados demonstram os altos padrões de desempenho e tecnologia de ponta agregada pela METZELER na elaboração de sua linha de pneus.

#VempraFernandes conhecer os pneus campeões!

CARROS PRECISAM DE CUIDADOS ESPECIAIS NO INVERNO; VEJA DICAS

Fonte: Garagem 360

OAIKE50

Para evitar surpresas em meio a temperaturas baixas de inverno, e deixar a manutenção do veículo em dia, o motorista deve ficar atento ao funcionamento de alguns itens importantes como bateria, pneus, palhetas, ar condicionado e partida no motor. Segundo Gerson Burin, coordenador técnico do Centro de Experimentação e Segurança Viária da Mapfre (Cesvi Brasil) essa atenção especial aos componentes do carro pode fazer a diferença no seu desempenho mecânico e elétrico.

Em períodos de inverno, os motoristas podem ter problemas antes mesmo de sair de casa para o trabalho ao tentarem dar a partida no carro. “A persistência em tentar fazer o veículo ‘pegar’ pode provocar a descarga mais rápida da bateria, pois é justamente nesses períodos que elas são mais exigidas. Como consequência, há mais trocas do item pelo desgaste provocado pelas tentativas de partida até o motor funcionar”, explica o especialista.

Outra dica importante está relacionada aos aditivos e óleos utilizados pelo motorista, que na maioria das vezes, esquece de olhar o que está indicado no manual do proprietário. “Em temperaturas baixas, os aditivos do carro têm uma função extremamente importante que é de evitar a corrosão de várias partes do sistema de arrefecimento. Com o frio, é indicado que o motorista use um óleo lubrificante menos viscoso recomendado pelo manual do proprietário, pois eles facilitam a lubrificação nos primeiros momentos de funcionamento do motor”, comenta.

Confira dicas para evitar problemas com o carro no inverno:

1. Gasolina no reservatório de partida a frio – em carros bicombustível ou a álcool existe o reservatório de partida a frio para o motor. Mantenha esse reservatório cheio com gasolina, preferencialmente aditivada, para garantir uma partida mais rápida sem consumir demais a bateria do veículo.

2. Pneus – verifique a pressão de cada um dos pneus de acordo com a calibragem recomendada pelo fabricante no manual do veículo e lembre-se de fazer a verificação sempre com o pneu frio.

3. Ar-condicionado – crie o hábito de limpar e substituir o filtro do ar-condicionado para retirar todos os contaminantes externos, acumulados ao longo tempo. Não existe um prazo de quilômetros rodados aconselhado para a troca do filtro, por isso é importante procurar um mecânico de confiança.

4. Luzes e palhetas – avalie e verifique o funcionamento correto das luzes traseiras, lâmpadas de sinalização, luzes de freio, faróis, luzes de condução e também das palhetas que ajudam na visibilidade do veículo.

5. Preservando o motor – Evite acelerações com rotações muito altas logo ao dar a partida no motor. O correto é de que ele atinja a temperatura ideal de trabalho para garantir a lubrificação eficiente em todo o sistema seu sistema.

#VempraFernandes verificar os pneus do seu veiculo.

FISCALIZAÇÃO DE MOTOS NA MARGINAL PINHEIROS COMEÇA NESTA QUINTA-FEIRA

Fonte: Motociclismo Online 

image 1024x754

A fiscalização da circulação de motos na pista expressa da Marginal Pinheiros, sentido rodovia Castello Branco, começa nesta quinta-feira, dia 20 de junho.

Motocicletas estão proibidas de circular por lá desde 20 de maio, mas até então a Prefeitura adotou um período de adequação por 30 dias, sem aplicação de multas. Porém, esse prazo chegou ao fim, e quem descumprir será autuado por infração média, recebendo 4 pontos na CNH e multa no valor de R$ 130,16.

O trecho da pista expressa da Marginal Pinheiros em que a circulação de motos é vetada começa na Ponte Transamérica e vai até a região da Ponte Fepasa, onde se encontra com outra zona de proibição, essa na pista expressa da Marginal Tietê, sentido rodovia Ayrton Senna.

A fiscalização será feita por agentes de trânsito da CET, policiais militares do Comando de Policiamento de Trânsito (CPTran) e por equipamentos de fiscalização eletrônica (radares fixos e portáteis do tipo pistola).

De acordo com a CET, a medida tem como objetivo o resguardo à vida e a proteção dos motociclistas, já que a regulamentação da velocidade máxima na pista local varia entre 50km/h e 60km/h, enquanto na expressa, a velocidade regulamentada é de 90km/h para veículos leves.

Fotos: Prefeitura de São Paulo/Divulgação

6 LUGARES PARA IR NO FERIADO EM SP

Fonte: Prefiro Viajar

Enfim o inverno chegou, é hora de tirar os casacos do armário e pegar a estrada para explorar os lugares para ir no frio em SP. Separei uma listinha dos melhores destinos para você curtir o friozinho em meio as montanhas, boa comida, um vinhozinho e com aquela companhia especial.  Com direito a festival gastronômico, rota dos vinhos, esportes radicais, muita natureza e até um parque para esquiar.

1. Cunha

Esta pequena cidade no interior de São Paulo possui como marca registrada seus belos campos de lavanda. Certamente é um dos lugares para ir no frio em São Paulo sobretudo por ser uma região montanhosa com paisagens bucólicas e pousadas charmosas. Além disso, durante o mês do julho, a grande atração é o Festival de Inverno “Acordes na Serra” ( 30/06 a 29/07, somente nos fins de semana), presente na região há duas décadas. O evento conta com exposições, shows e concertos.

Cunha 600x261

  • Onde ficar: Pousada Seriema e Camping, Pousada Plátanos, Biroska Caipira, Pousada Alejandro
  • Onde ir: Parque Estadual da Serra do Mar, Pedra da Macela, campos de lavanda, comprar cerâmica nos ateliês locais
  • Onde comer: Fazenda Aracatu, Melhor Hora, D’O Gnomo

2. Campos do Jordão

Com arquitetura no estilo alpino, Campos do Jordão é um dos principais lugares para ir no frio em São Paulo. Refúgio principalmente dos paulistanos quando as temperaturas caem, é na pequena cidade que acontece um dos maiores festivais de inverno da América Latina, em julho (30/06 a 29/07).

campos do jordao 600x450

  • Onde que fazer: Palácio Boa Vista, Tour Cervejaria Baden Baden, Morro do Elefante, Vila Capivari, Amantikir e Borboletário. 
  • Onde ficar: Pousada Moderna, Hotel Vila Regina, Terrazza Hotel e Hotel Golden Park Campos
  • Onde comer:  Ludwig, Fondue Mezzanino, Davos, Chocolate Montanhês e Vila Chã.

3. Holambra

Um pequeno pedaço da Holanda está a 135 km da capital de São Paulo. O município também é conhecido como “Cidade das Flores” e além disso pela arquitetura e gastronomia típica dos Países Baixos. O destaque fica com as plantações floridas, que dão origem a Expoflora, provavelmente a maior exposição de flores ornamentais da América Latina.

casas holambra sp 600x351

  • O que fazer: Passeio das Flores, Museu Histórico e Cultural de Holambra, Moinho Povos Unidos. 
  • Onde ficar: Shellter Hotel, Rancho da Cachaça Pousada e Restaurante, Villa de Holanda Parque Hotel 
  • Onde comer: The Old Dutch, Martin Holandesa e Casa Bela

4. São Bento do Sapucaí

Em meio à Serra da Mantiqueira, a charmosa São Bento do Sapucaí atrai principalmente amantes da natureza, que buscam na serra um refúgio silencioso e tranquilo. Perto de São Paulo a apenas 185 km, a cidade tem como vizinha a badalada Campos de Jordão e a igualmente tranquila Santo Antônio do Pinhal.

A Pedra do Baú, por exemplo, é um dos pontos procurados por aventureiros. Por isso o local é ideal para saltos de paraglider, escaladas, além de caminhadas e mountain-bike. Para quem não quer se aventurar, com certeza vale chegar ao topo de carro a fim de apenas contemplar as belezas da Serra da Mantiqueira.

pedra bau sao bento sapucai 600x337

  • Onde ficar: Pousada Villa Sao Bento, Hospedaria Aconchego, Pousada Flor de Ipe, Pousada Nasa, Hospedaria Vida na Roça
  • Onde ir: Pedra do Baú, comprar artesanatos no Ditinho Joana, Capelinha em Mosaico, Cinema Paradiso
  • Onde comer: Sabor da Serra, Sabor com Arte, Taipa Restaurante

5. Santo Antônio do Pinhal

Em plena Serra da Mantiqueira, Santo Antônio do Pinhal fica a 170 km da capital paulista.  Um de seus atrativos é o Jardim dos Pinhais, que reúne plantas de diversos países em oito jardins temáticos. Além disso, na temporada de inverno, a cidade fica cheia durante a feira de artesanato ( de 06 a 08 de julho) e a festa da orquídea (06 a 28 de julho).

Santo Antonio dos pinhais 600x371

  • Onde ficar: Pousada Recanto das Orquideas, Pousada Venezia , Pousada Familia, Rancho Zig Zag
  • Onde ir: Cachoeira do Lageado, Boulevard Araucária, Jardim dos Pinhais Ecco Parque, Passeio de Trem até Campos do Jordão
  • Onde comer: Picanha e Pasta, Donna Pinha, Eisland, Camponesa

6. São Roque

A cidade de São Roque fica a apenas 66 km de São Paulo e tem roteiros para todos, por isso é um dos  melhores lugares para ir no frio em São Paulo. Indicado para os amantes do vinho e da gastronomia, a Rota do Vinho, por exemplo, possui 10 km de extensão e mais de 31 estabelecimentos que são divididos em 3 estradas.

O Ski Mountain Park, é uma espécie de mini estação de esqui em meio às montanhas, ideal para crianças e adultos. Por lá, é possível praticar esqui e snowboard, além de tobogã, teleférico, arvorismo, torre de alpinismo e muito mais.

pista de esqui 600x450

  • Onde ficar: Chalezinhos São Roque, Aconchego no Campo, Catarina
  • Onde ir: Estação Ferroviária de São Roque, Morro do Cruzeiro, Igreja Matriz, Sítio Santo Antônio
  • Onde comer: Quinta do Olivardo, Cantina Tia Lina, Vila Don Patto

Não se esqueça de passar na Casa Fernandes Pneus e checar os pneus antes de pegar a estrada! 😉 #VempraFernandes