MOTORHOME: CONHEÇA O ESTILO DE VIDA SOBRE RODAS

Usuários relatam vantagens e comodidades de viajar para todos os lugares sem se preocupar com hospedagem ou embarques

Fonte: Brasil de Mochila

motorhome 1511765 960 720

A emoção de pegar a estrada e se aventurar pelos mais diversos destinos. Essa é a sensação dos usuários de motorhomes, que transformam simples viagens em realizações muito maiores. Além da vontade de conhecer diferentes lugares, quem conta com um motorhome acaba optando por um estilo de vida, movido por liberdade e ousadia sobre rodas.

Para Cledemar Menezes, cliente da Santo Inácio Motorhomes, a aquisição de um motorhome mudou o modo de ver a vida, principalmente pela sensação de autonomia nas viagens. "Mudou muito a maneira como conduzimos as viagens, pois dentro de um motorhome conseguimos ter todo o conforto, como se fosse nossa residência, com água quente, ar condicionado, suíte com TV e DVD, sala com home theater e outras inúmeras facilidades. Seguidamente faço viagens longas, chegando a rodar até 800 quilômetros em um dia e o motorhome permite a comodidade de pernoitar e continuar a viagem no dia seguinte ou na data que quisermos", destaca Cledemar.

Segundo Menezes, o motorhome oferece inúmeras facilidades no dia a dia da viagem. "Contamos com bom espaço, que nos permite fazer as refeições e ter nossos momentos de descanso com muito conforto. Além disso, a segurança, o baixo ruído do veículo em movimento e ainda a praticidade de não precisar carregar e descarregar as malas em todas as paradas, como em uma viagem comum, se destacam como as principais vantagens", salienta.

motorhome 1489082 960 720

Para o empresário Carlito Franzoi, que mora na cidade de Rio do Sul (SC), o motorhome mudou a maneira como a família passa as férias. Carlito, a esposa Rosane e a filha Carol já passaram por diversos destinos como Chile, Argentina, Uruguai, além de roteiros brasileiros, que incluem Bahia, Rio de Janeiro, São Paulo e Minas Gerais. O proprietário do motorhome destaca que optou por um modelo que conta com amplo espaço interno e também com todos os opcionais disponíveis, o que confere facilidades ao longo da viagem. "As principais características que contribuíram para escolheremos um Santo Inácio é que os modelos precisam de pouca manutenção, são confortáveis, espaçosos, de fácil manobrabilidade e se destacam pela beleza".

Outro entusiasta do motorhome, Manoel Jaime Licks, que é aposentado e mora em Gramado (RS), lembra que aderiu a um novo estilo de vida após ser presenteado com um motorhome, no ano de 2011. Ao lado da esposa, ele já fez inúmeras viagens nacionais e internacionais. "Com as comodidades e praticidades do motorhome, comecei a viajar mais. Tenho mais tranquilidade para aproveitar o passeio e a incrível sensação de estar na minha própria casa, mas a cada dia em um lugar diferente", evidencia Licks.

Antes de viajar, você já sabe: passe na Casa Fernandes Pneus e troque os pneus do seu veículo!

PILOTE PELA TRÍPLICE FRONTEIRA – MG, RJ e SP

Na divisa dos estados de Minas Gerais, Rio de Janeiro e São Paulo, surge a tríplice fronteira, um local perfeito para o moto-turismo

Fonte: Revista Moto Adventure

Triplice

 

TRÍPLICE FRONTEIRA

O eixo Rio-São Paulo tem uma infinidade de lugares e destinos perfeitos para um fim de semana tranquilo. Estradas para todos os tipos de moto, clima de montanha e paisagens de tirar o fôlego. Exatamente na fronteira entre estes dois estados e de Minas Gerais fica o Parque Nacional mais antigo do Brasil. Esta unidade de conservação – criada em 1937 por Getúlio Vargas – é dividida em partes Alta e Baixa e recebe o nome de Itatiaia. O nome vem do Tupi-Guarani e quer dizer “pedra pontuda”. Pilote pela tríplice fronteira.

A Parte Baixa do parque apresenta trilhas, mirantes e cachoeiras envoltas pela imponente Mata Atlântica. Já na Parte Alta, os atrativos estão nos chamados campos de altitude. Ali se encontra o famoso Pico das Agulhas Negras – com 2.888m de altitude. Para escalar, basta contratar um guia local e ter muita disposição.

Em meio a essas maravilhas naturais, há hotéis e pousadas confortáveis e românticas, prontas para receber os motociclistas.

cachoeira veu de noiva 280x420

 

FÁCIL DE CHEGAR

Para passarmos um fim de semana curtindo o rolê de moto, escolhemos um roteiro no qual o asfalto é quem manda. Nos 550 km que fizemos (de ida para Itatiaia e de volta para São Paulo) pegamos apenas 2 km de estrada de chão boa.

Foram 255 km de asfalto pela Rodovia Presidente Dutra até Itatiaia; depois, mais 5 km até a entrada do parque. Da portaria, pilotamos mais 5 km até acabar o asfalto e, de lá, mais 900m de terra boa até o hotel. A volta: pela Dutra até Taubaté e Carvalho Pinto até São Paulo.

O QUE VER?

Na Parte Baixa do parque, os atrativos são: as cachoeiras do Complexo do Maromba, cachoeira do Poranga, Lago Azul e a trilha dos Três Picos. Do Hotel Donati é possível fazer uma trilha até o inativo Hotel Simon e, deste ponto, outra trilha leva até o Complexo do Maromba. Saindo cedo, é possível ir até as cachoeiras do Maromba e voltar a tempo de almoçar. Na Parte Alta, o ideal é contratar um guia. Os atrativos locais são: Pico das Agulhas Negras, Pedra do Altar e Prateleiras.

piscina e sauna aquecidos a lenha 630x420

 

DICAS

Para visitar a Parte Baixa do parque, o ideal é reservar duas noites. Na Parte Alta, reserve um dia para cada passeio, leve bastante água e não esqueça do protetor solar. Passando a portaria, ande com cautela, por conta dos animais que constantemente cruzam a pista. No trecho de terra, diminua algumas libras no pneu. Contudo, não se esqueça de calibrar novamente ao pegar o asfalto. Para isso, venha para a  Casa Fernandes Pneus antes da sua viagem!

parada para agua 630x420

 

CONHEÇA PARAÍSOS ESCONDIDOS NO BRASIL QUE VALEM A VIAGEM

Destinos em Santa Catarina, Tocantins, Pará, Roraima, Bahia e Ceará que prometem impressionar os viajantes

Fonte: Revista Moto Adventure

Voopter 1

Capitais como Florianópolis, Fortaleza e Salvador já são consagradas na rota de turistas que viajam pelo Brasil. Porém, o país é privilegiado com muitos destinos cujo potencial turístico é imenso, mas que fogem do radar dos viajantes, seja por falta de informação, seja pela dificuldade de acesso. Paraísos escondidos como a Lagoinha do Leste (SC), o Monte Roraima (RR) e Icaraí da Amontoada (CE) oferecem experiências autênticas para quem se atreve a desbravá-los. 

Jalapão crédito Setur TO 1 

Norte à vista

Na região Norte do País, o Pará abriga dois tesouros escondidos: a ilha de Marajó, que fica a 3h30 de Belém através de navegação fluvial, seja em balsa ou navio, e Alter do Chão, que fica a aproximadamente 1.400 quilômetros. Dentro do maior arquipélago fluviomarinho do mundo, a ilha de Marajó marca o encontro dos rios Amazonas e Tapajós com o oceano. As cidades de Soure e Salvaterra são as principais do destino e onde se encontram as atrações mais importantes, como a fazenda de búfalos São Jerônimo e a praia de Barra Velha. Alter do Chão, por sua vez, tem como protagonista o rio Tapajós e foi eleita a praia mais bonita do Brasil pelo jornal britânico The Guardian. Localizado no município de Santarém, o destino é considerado o Cabine da Amazônia – e vale cada segundo da longa jornada até ele.

Monte Roraima 2

Ainda na porção Norte, outro paraíso escondido é o Monte Roraima, cujo território é dividido entre Brasil, Venezuela e Guiana. O aeroporto de Boa Vista, capital de Roraima, é onde desembarcam os viajantes brasileiros que desejam fazer a expedição pelo incrível e histórico tepui (tipo de montanha em formato de mesa).  A melhor opção é começar a subida ao monte pelo lado venezuelano – para isso, quem chega de Boa Vista pode cruzar a fronteira pela BR-174.

Boipeba 2

Reduto de sossego, tranquilidade e muita beleza, a ilha de Boipeba, na Bahia, fica a um voo de táxi aéreo de meia hora de sua capital, Salvador. Ideal para quem aprecia praias desertas, águas calmas, repletas de peixes e corais e noites estreladas, o local conquista com belezas naturais e com a hospitalidade de seus moradores.

Para completar, a cerca de 200 quilômetros de Fortaleza, no Ceará, a praia de Icaraí de Amontoada é um destino pouco conhecido pelos turistas que frequentam o estado, exceto pelos kitesurfers, que encontraram ali o verdadeiro paraíso. Com infraestrutura incipiente e poucas opções de hospedagem e gastronomia, Icaraizinho, como é conhecido pelos cearenses, oferece atrativos para viajantes que querem se reconectar com a natureza e se aventurar pelas dunas e lagoas da região.

Antes de viajar, venha para a Casa Fernandes Pneus e faça a revisão dos pneus e relacionados.

5 VIAGENS PARA FAZER NO ESTADO DE SÃO PAULO

Belas praias, montanhas, cidades históricas e belíssimas cachoeiras podem ser encontradas no estado de São Paulo sem ir muito longe da capital.

Fonte: Guia Viajar Melhor

 

Cananéia

Cananéia/SP  

No extremo sul de São Paulo a charmosa Cananéia reserva um leque de opções de atividades relacionadas ao ecoturismo. O município que possui um simpático centro histórico é porta de entrada para explorar a região chamada de Lagamar, reconhecido como um dos cinco maiores viveiros de espécies marinhas do mundo.

São 200 km de extensão no litoral composta por lagunas, braços de mar, ilhas, morros e praias. Tamanha diversidade de ecossistemas em um só lugar (mangues, dunas, restingas e Mata Atlântica) deram o titulo de Patrimônio Natural da Humanidade pela UNESCO. Entre os principais passeios a dica é relaxar nas praias observando os botos cinza, que passam aos bandos para chamar atenção dos turistas. Cachoeiras como a do Pitu e do Mandira também são uma ótima pedida, depois de aproveitar ao máximo a natureza do local, explore as vilas da região e veja o que a comunidade tem a oferecer, algumas tem deliciosos pontos para provar a culinária local, enquanto outras agradam com os produtos artesanais e agroecológicos.

 

Brotas

Brotas/SP

Localizada a 242 quilômetros da capital, a cidade mais “radical” do estado de São Paulo é conhecida pelo turismo de aventura. Passeios como rafting, tirolesa, arborismos e trilhas são algumas das opções que as agências de turismo receptivo oferecem.

Mas o que ganha o coração do turistas são as cachoeiras, a região é cercada por mais de 30 cachoeiras que medem de 7 a 55 metros. Não deixe de conhecer a Fazenda Cossorova, propriedade que abriga duas quedas bem famosas. O conjunto é formado por duas quedas – Cassorova (45 metros) e Quatis (42 metros), acessíveis por escadaria e caminhada. A segunda é bastante procurada para a prática de canyoning.

 

São Luís do Paraitinga

São Luís do Paraitinga/SP

Localizada na Serra do Mar, entre Ubatuba e Taubaté a charmosa São Luís do Paraitinga possui uma arquitetura colonial ainda bem preservado. A cidade surgiu junto com outras 30 povoados, para racionalizar a ocupação das terras do vale do Paraíba e hoje constitui um dos maiores conjuntos arquitetônicos do estado de São Paulo. Um de seus principáis atrativos é o Carnaval de Marchinhas que atrai todos os anos milhares de foliões para curtir o melhor carnaval de blocos do Estado em um cenário de ruas, ladeiras, praças e casarões com arquitetura do seculo XIX.

O grande numero de belas cachoeiras também atraí muitos visitantes para o município, a região com o maior número fica no distrito de Catuçaba.

 

Ilhabela

Ilhabela/SP

Com mais de 42 praias de diferentes estilos e cachoeiras abundantes a Ilhabela, é um dos pontos mais bonitos do litoral brasileiro. A ilha é famosa pela prática de esportes náuticos, o charme das vilas, com pousadas, restaurantes e lojinhas de artesanato também são características marcantes da região.

A costa voltada para o mar aberto é o lugar preferido dos surfistas, mergulhadores e aventureiros que aproveitam o acesso nada fácil para aproveitar as paisagens mais selvagens e desertas da ilha. Aproveite as praias do Bonete e da Fome. Se você também que aproveitar as cachoeiras uma boa opção é a Cachoeira da Laje.

 

São Roque 

São Roque/SP

Localizada a apenas 60 km de distância da capital, São Roque é conhecida como a terra do vinho. A cidade possui uma estrada com 10 km onde encontram-se todas as vinícolas do município e alguns restaurantes que ficam lotados aos finais de semana. Uma ótima opção para um passeio bate volta.

 

Antes de viajar, você já sabe: Venha fazer uma revisão dos pneus e itens relacionados na Casa Fernandes Pneus.

VIAGEM DE MOTO DE SÃO PAULO A PIRAPORA DO BOM JESUS

O trajeto de São Paulo a Pirapora do Bom Jesus reserva pistas de todos os tipos, belas paisagens, restaurantes típicos, e a emoção de vivenciar o motociclismo em sua plenitude

Fonte: Revista Moto Adventure

 

Viagem de moto de São Paulo a Pirapora do Bom Jesus 

Roteiro Aventura

Pirapora do Bom Jesus à vista! Ao sair da capital paulista, o primeiro destino é Itupeva, cidade próxima a Jundiaí, muito simpática, que, nos finais de semana, sempre promove atividades de motocross na pista Kalango Cego, como um dos atrativos. Mas, no caso desse roteiro, Itupeva é só o início. Entraremos na cidade, passaremos a estátua do “homen de lata” e seguiremos à esquerda na rotatória, como indica a placa: Circuito das Frutas, Apiário Santa Emília e Alambique JP.

Depois é só seguir no sentido de Indaiatuba. Nesse trecho a velocidade é baixa devido a inúmeras curvas, subidas, descidas e a bela paisagem! No final, antes de chegar a Indaiatuba, dependendo da época do ano, nos dois lados da pista os parreirais predominam e, se estiver com sorte, dá até para olhar bem de pertinho os cachos de uvas ainda no pé, que são comercializados às margens da rodovia.

Uma vez em Indaiatuba, existem alguns lugares para conhecer, como a Colônia Helvétia, que foi fundada em 1888, passear pelos campos de polo, experimentar as delícias da Stalden Chocolates, e uma boa oportunidade para visitar o Centro Educacional de Trânsito Honda (CETH), que possui uma estrutura bem montada, usada para treinamento gratuito a motociclistas de empresas, frotistas e órgãos públicos.

Salto de qualidade

Seguindo viagem pela SP-075, o próximo destino é a cidade de Salto. Utilize a saída 42, a menos de 14 km de Indaiatuba, para passar por dentro da cidade, pois vale a pena. O propósito é conhecer a Cachoeira do Salto e o Memorial Rio Tietê, um lugar muito bem cuidado, perfeito para estacionar e fotografar. Esses atrativos da cidade foram muito bem valorizados. O visual das corredeiras e das pontes é muito bonito.

O próximo destino é a Estrada Parque. Saindo de Salto pela Rodovia da Convenção, passe a rotatória e, no próximo viaduto, siga a placa para Cabreúva e Jundiaí. Em seguida, já vai aparecer indicação para a Estrada Parque. Serão aproximadamente 14 quilômetros a partir do Memorial até o início do local, uma estrada cênica que margeia o Rio Tietê, com muitas curvas e algumas opções de paradas. Nesse trecho, muito cuidado com os ciclistas, frequentadores assíduos nos finais de semana. Normalmente em grupo e com um carro de apoio, são encontrados em ambos os sentidos, vá devagar. Esse trajeto vai te levar a Cabreúva, outra cidade que visitamos nesse roteiro, para chegar à Estrada dos Romeiros.

Em Cabreúva, passamos pelo centro da cidade para contornar a Igreja Matriz Nossa Senhora da Piedade, que data de 1855, e que não necessita de muito tempo e nem aumenta a quilometragem. A Estrada dos Romeiros já é um passeio conhecido da maioria dos motociclistas, mas também é sempre uma opção agradável para gastar todos os lados dos pneus. Cheia de curvas e paisagens agradáveis, exige atenção, baixa velocidade e cuidado, para poder desfrutar do conjunto estrada e paisagem.

A pedir de romaria

Ao final da Estrada dos Romeiros estará Pirapora do Bom Jesus, um lugar conhecido nacionalmente devido ao turismo religioso. A pé ou a cavalo, carro ou moto, a cidade recebe muitos visitantes, principalmente nos finais de semana. Aqui também vale parar um pouco para tirar fotos. As igrejas são muito bonitas!

Em Pirapora do Bom Jesus, após cruzar a ponte, siga no sentido de Araçariguama e terá mais alguns quilômetros de estrada sinuosa e paisagens, antes de chegar à mesma Rodovia Castelo Branco. Bem mais agradável e tranquila. Uma vez na Castelo, é só seguir novamente para seu destino original.

 

Turismo religioso em Pirapora do Bom Jesus 

Pode ser legal

Você pode se programar para tomar seu café da manhã na barraca de frutas Randon, entre Jundiaí e Itupeva. A grande variedade de frutas, sucos vitaminas e salgados faz a alegria de muitos motociclistas nos finais de semana. Uma alternativa é, em Indaiatuba, experimentar o Rodízio de Costela na Confraria da Costela (Rua Ônix nº 61 – Recreio Campestre Joia, Indaiatuba, tel. (19) 3936-6024.

Em Salto, uma parada no centro da cidade, às margens do Rio Tietê, também é um atrativo a mais. O Centro Universitário Nossa Senhora do Patrocínio está em uma construção imponente e muito bem conservada. Chama a atenção. Além da Ponte Pênsil, avistamos o Memorial do Rio Tietê, tudo pertinho e de fácil acesso.

Na Estrada Parque também existe opção de saciar a fome visitando a Fazenda do Chocolate. Além da ótima refeição, existem outros atrativos que valem a visita. A Estrada dos Romeiros, apesar do cheiro do Rio Tietê, que é bastante poluído nessa região, existem alguns pontos de paradas durante o trajeto para apreciar a paisagem e visitar a Gruta da Glória que, apesar de não estar tão bem cuidada, compensa a visita.

Em Pirapora do Bom Jesus existem algumas igrejas que podem ser visitadas, além do Portal dos Romeiros, que oferece uma bela vista da cidade.

Pirapora do Bom Jesus 

Antes de viajar, certifique-se se sua moto está funcionando perfeitamente! Venha fazer uma revisão completa na Casa Fernandes Pneus.